Foram meses e meses de preparativo. Ela andou por diversas partes do mundo, apareceu em várias versões conceituais e criando muita expectativa entre os consumidores. Finalmente a Yamaha Ténéré 700 foi apresentada na Europa em sua versão definitiva e sem segredos – todos os detalhes técnicos foram revelados. O modelo foi apresentado no Salão de Milão 2018 (Eicma), mas só vai chegar ao mercado mundial no 2º semestre de 2019. O preço ainda é mantido em segredo. Para a Yamaha, a Ténéré 700 chega para ser ‘um novo marco’ no segmento trail da marca. Para isso, além do visual agressivo, seu compromisso com o desempenho no off-road é reforçado por elementos como as rodas aros 21” e 18” (na frente e traseira) e itens desenvolvidos especialmente para ela, como o chassi exclusivo. “Buscamos no nosso passado off-road, com a DT-1 e a linha XT na década de 1970, a inspiração para a nova Ténéré”, declarou Eric de Seynes, presidente da Yamaha motor Europa. O propulsor é o já conhecido bicilíndrico de 689 cm³ que equipa a MT-07, com 73 cv de potência a 9.000 giros e torque de 6,93 kgfm a 6.500 giros. Não é só a aparência que é off- road: os pneus – aro 21 na dianteira e 18 na traseira – são dedicados para o fora de estrada. O conjunto de suspensão também é aventureiro: garfo invertido com curso 210 mm na dianteira e sistema de link monoamortecido com 200 mm de curso na traseira. Os freios, com discos duplos de 282 mm na dianteira e disco simples de 245 mm na traseira, contam com sistema ABS que pode ser desligado, dando ao piloto mais liberdade no off-road. O painel em LCD exibe, entre outras funções, velocidade, contagiros, nível de combustível e autonomia. Com um tanque de 16 litros, a Yamaha diz que a Ténéré 700 pode rodar mais de 346 km sem precisar reabastecer. Inspirada nas competições de rali, a Ténére tem uma longa história na linha Yamaha, com modelos desde os anos 80. No Brasil, a empresa vende atualmente a Ténéré 250, mas a futura Ténéré 700 deve ocupar o espaço deixado por Ténéré 660 e XT 660R, que foram aposentadas recentemente. O visual mudou pouco em relação ao conceito. A Ténéré 700 conservou o conjunto óptico dianteiro formado por quatro lâmpadas de LED e a bolha estilo Dakar, que compreende o para-brisa – para acomodar equipamentos de navegação – e as carenagens laterais que protegem o tanque e o radiador.

NOSSA CONCESSIONÁRIA